fbpx
Tudo sobre CBD

Canabidiol (CBD): conheça os 4 efeitos colaterais do tratamento

Apesar de poucos, o Canabidiol pode sim causar alguns efeitos colaterais, porém muito leves. Veja quais podem ser os efeitos colaterais com uso do canabidiol. O que é Canabidiol? Antes de tudo, o canabidiol (CBD) é um produto da planta Cannabis sativa, contudo também conhecida como cannabis ou cânhamo. Mais de 80 produtos, conhecidos como […]

Conteúdo escrito e revisado
Medicina In Comitê Científico, atualizado em 20 de julho de 2022
Canabidiol Efeitos colaterais

Apesar de poucos, o Canabidiol pode sim causar alguns efeitos colaterais, porém muito leves. Veja quais podem ser os efeitos colaterais com uso do canabidiol.

O que é Canabidiol?

Antes de tudo, o canabidiol (CBD) é um produto da planta Cannabis sativa, contudo também conhecida como cannabis ou cânhamo.

Mais de 80 produtos, conhecidos como canabinóides, foram encontrados na planta Cannabis sativa.

Poucas pessoas sabe que o canabidiol, na verdade é obtido do cânhamo, que por sua vez é uma forma da planta Cannabis sativa que contém apenas pequenas quantidades de THC.

Se você não sabe o que é THC, em poucas palavras, é o que dá, principalmente o efeito psicoativo quando usado em grandes quantidades. Então, com isso, o medicamento canabidiol possuí uma quantidade muito pequena desse ativo.

O canabidiol parece ter efeitos em alguns produtos químicos no cérebro, mas estes são diferentes dos efeitos do THC.

O canabidiol ou CBD, também é usado para ansiedade, dor, um distúrbio muscular chamado distonia, doença de Parkinson, doença de Crohn e muitas outras condições.

Como o Canabidiol é um medicamento de prescrição aprovada pela Anvisa, não pode ser legalmente incluído em alimentos ou suplementos alimentares.

O canabidiol só pode ser incluído em produtos “cosméticos“. No entanto, ainda existem produtos de canabidiol no mercado rotulados como suplementos alimentares.

A quantidade de canabidiol contida nesses produtos nem sempre é a mesma que está indicada no rótulo, por isso, sempre compre canabidiol de empresas que possuam testes de laboratórios terceiros.

Para que serve o CBD?

  • Ansiedade
  • Depressão
  • Burnout
  • Insônia
  • TDA e TDAH
  • Dor Crônica
  • Artrite
  • Fibromialgia
  • Endometriose
  • Enxaqueca
  • Parkinson
  • Alzheimer
  • Epilepsia
  • Autismo
  • Esclerose Múltipla
  • Artrose e Artrite
  • Reumatismo
  • Osteoporose
  • Náuseas
  • Doença de Crohn
  • Asma
Banner

Canabidiol (CBD): efeitos colaterais

No início do tratamento, alguns dos efeitos colaterais podem ser sentidos até que seja encontrada a dosagem ideal. Dessa forma, você precisa conhecer alguns efeitos colaterais do canabidiol:

  • Sonolência
  • Dor de cabeça
  • Alteração do apetite
  • Diarreia

Sem dúvida, o efeito colaterais no tratamento com canabidiol mais comum é a sonolência. Ou seja, se você tem problemas para dormir, é possível tomar uma quantidade maior de canabidiol a noite para ter uma qualidade de sono melhor como resultado.

Outros mais incomuns incluem tontura, dor de cabeça, alteração do hábito intestinal, do apetite e da frequência cardíaca.

No entanto, além de serem muito mais brandos do que os efeitos colaterais causados por medicamentos tradicionais usados para o tratamento das mesmas patologias, grande parte desses efeitos pode ser facilmente eliminada com ajustes na dosagem, o que torna crucial o acompanhamento constante de um médico.

Efeitos colaterais do canabidiol em números

Por exemplo: veja esse gráfico abaixo sobre os efeitos colaterais dos pacientes em tratamento com canabidiol na Medicina In, só para ilustrar, e que fazem parte do nosso acompanhamento semana a semana com nosso time de saúde:

Canabidiol e seus efeitos colaterais

Em resumo, até hoje a maior parte das pessoas não sentiram nenhum efeito colateral ou efeito adverso e apenas 39.5% sentiram sonolência, boca seca ao acordar e leves tonturas que sumiu conforme o ajuste de dosagem do canabidiol.

O uso do canabidiol precisa de acompanhamento e muita disciplina por parte do(a) paciente, para que tenha os resultados positivos esperados e sem nenhum efeito colateral se destaque mais do que 1 ou 2 semanas e que os benefícios que o canabidiol pode trazer seja muito maior que seus efeitos colaterais.

O que sabemos: até hoje poucas contraindicações foram detectadas cientificamente junto ao uso do canabidiol.

O uso do canabidiol para fins medicinais, outras composições de canabinoides podem ser prescritas, reduzindo consideravelmente todos os efeitos colaterais.

Entre os efeitos colaterais que nosso time de saúde notou:

O aumento no débito cardíaco, taquicardia e da pressão arterial.

Conclusão dos efeitos colaterais do canabidiol

Por fim, o tratamento com canabidiol – igual a qualquer outro medicamento – pode trazer vários benefícios a seus pacientes. O mais importante é que as pessoas conheçam a sua finalidade, os seus limites e entendam qual dosagem funciona melhor para o próprio problema.

Sempre consulte um médico que prescreve cannabis medicinal e que seja experiente.

Fonte:

https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/21462790/#:~:text=The%20effects%20of%20cannabis%20are,with%20high%20levels%20of%20intoxication.

IMPORTANTE: Este site não oferece tratamento ou aconselhamento imediato para pessoas em crise suicida. Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br. Em caso de emergência, procure atendimento em um hospital mais próximo.