fbpx
Dores

Canabidiol (CBD) tem potencial para reduzir dor nas articulações

Dor nas articulações – Sinais de uma série de problemas localizados na junção dos ossos, as “dores nas juntas”, como são popularmente conhecidas, podem ser combatidas com as propriedades antiinflamatórias e analgésicas proporcionadas pelo tratamento com Cannabis medicinal  O que é Dor nas Articulações? Todas as nossas atividades dependem dos movimentos que executamos em nossos […]

Conteúdo escrito e revisado
Medicina In Comitê Científico, atualizado em 5 de dezembro de 2021
tratamento para dor nas articulações com cannabis medicinal

Dor nas articulações – Sinais de uma série de problemas localizados na junção dos ossos, as “dores nas juntas”, como são popularmente conhecidas, podem ser combatidas com as propriedades antiinflamatórias e analgésicas proporcionadas pelo tratamento com Cannabis medicinal 

O que é Dor nas Articulações?

Todas as nossas atividades dependem dos movimentos que executamos em nossos corpos — andar, levantar, sentar, digitar, comer etc. As articulações são responsáveis por permitir essa execução diária de mobilidade. 

O processo natural de envelhecimento, que resulta em um quadro natural de desgaste, somado à ausência de hábitos saudáveis, como a prática regular de atividade física, faz com que haja a incidência de dor nas articulações — uma das principais fontes de reclamação entre aqueles que ocupam a faixa etária acima dos 65 anos. 

Causados por um processo inflamatório crônico, ou trauma, os problemas articulares afetam joelhos, pulsos, quadril e tornozelos, provocando aumento das dores e, consequentemente, limitação dos movimentos. 

Estudos recentes demonstraram evidências científicas de que o uso do CBD (Canabidiol), com suas propriedades antiinflamatórias e analgésicas, trazem eficácia no tratamento para a redução das dores articulares.

Causas da Dor nas Articulações 

Artrite 

Principal causa de dor nas articulações, a artrite costuma ocorrer em função do sobrepeso, traumatismo e/ou quadro natural de desgaste articular, promovendo o surgimento de sintomas como dor, limitação de movimentos, comprometimento articular e deformidades. 

Gota

Doença inflamatória provocada pelo excesso de ácido úrico no sangue, que, por consequência, acaba sendo acumulada nas articulações e resulta na manifestação de sintomas como dor articular, inchaço e vermelhidão na região afetada. Vale lembrar que o ácido úrico fica frequentemente acumulado no dedão do pé, e, em razão disso, pode ser que a pessoa venha a sentir bastante dor ao tentar colocar o pé no chão ou caminhar. 

Tendinite

Inflamação do tendão — tecido fibroso que une os músculos aos ossos — que causa dor e dificuldade de movimentá-lo, também produz inchaço e vermelhidão no local do membro afetado. Este quadro se associa, geralmente, com a realização repetitiva de movimentos. 

Torção do joelho 

O alongamento excessivo dos ligamentos, a realização de movimentos bruscos ou uma pancada no joelho podem resultar, no momento em que há torção no joelho, uma série de sintomas, como dor intensa, inchaço e dificuldade para dobrar aquela região. 

Epicondilite 

Inflamação dos músculos extensores do punho causada pela realização de esforço repetitivo, apresenta dor no cotovelo, que pode se espalhar pelo antebraço e ser percebida (e agravada) em alguns movimentos simples do dia a dia, como a abertura de portas, pentear o cabelo, escrever, digitar. Este problema articular faz com que haja redução da força no braço ou no punho. 

Bursite 

Inflamação de um tecido localizado no interior da articulação do ombro (bursa sinovial), a bursite causa limitação à execução dos movimentos. Neste caso, há possibilidade de que o braço seja afetado com o sintoma de formigamento e dificuldade em levantá-lo acima da cabeça. 

Artrite reumatoide 

De origem desconhecida e caracterizada pela destruição da articulação a partir do desgaste dos ossos e cartilagem, a Artrite Reumatoide é uma doença autoimune causada pela inflamação crônica localizada nas mãos, punhos, joelhos e pés.

Infecção 

Infecção provocada pelos vírus causadores da dengue, zika e chikungunya podem resultar em processo de inflamação de diversas articulações, surgindo uma série de sintomas, que, além da dor, traz aqueles que são característicos da doença viral, como febre, cansaço, dor ao redor dos olhos, perda de apetite e mal-estar. Agora, com a pandemia da Covid-19, ficou comprovado que a dor articular é uma das sequelas entre os afetados pela doença.

Tratamento tradicional 

A procura por uma orientação médica é fundamental para que haja eficácia no tratamento de combate à dor nas articulações. Neste caso, a ajuda profissional será necessária caso a intensidade dos incômodos seja mantida após sete dias. Com o objetivo de ajudar na identificação da causa, a realização de exames também poderá ser solicitada.  

Dependendo do quadro e da causa constatada, são receitados analgésicos ou antiinflamatórios, como Dipirona e Ibuprofeno. Pomadas como Diclofenaco auxiliam no alívio da dor e, assim, permitem maior autonomia durante a execução dos movimentos. A recomendação de compressas frias sobre a região dolorida surge como outra fonte de alívio dos sintomas. 

Além disso, o tratamento médico tradicional pode ser complementado com sessões de fisioterapia (três vezes por semana, pelo menos) ou prática regular de atividade física de baixo impacto, como Pilates ou hidroginástica. 

Tratamento com Cannabis medicinal 

A comunidade científica vem se dedicando a investigar a eficácia do tratamento com Cannabis medicinal no combate à dor nas articulações. Entre as causas apontadas para a patologia, a artrite foi aquela que recebeu mais atenção dos pesquisadores. 

De origem desconhecida e provocada por diversos fatores (genéticos, orgânicos, ocupacionais e ambientais), as artrite são inflamações das articulações. Segundo a Associação Brasileira de Pacientes de cannabis Medicinal (AMA+ME), as artrites atingem uma em cada sete pessoas acima dos 30 anos, das quais 60% a 70% são mulheres.

Em um artigo publicado pelo periódico Arthritis Research & Therapy, os pesquisadores Torsten Lowin e Rainer H. Straub observam que o Canabidiol (CBD) pode ajudar a reduzir os sintomas de artrite, e consequentemente, a dor nas articulações, em razão de os receptores canabinóides CB1 e CB2 — identificados em diversas células do sistema imune — estarem ligados diretamente à inflamação crônica.

Um estudo realizado pelo Departamento de Biologia Musculoesquelética, do Instituto de Envelhecimento e Doenças Crônicas, da Universidade de Liverpool, constatou que os receptores, quando acionados, podem diminuir o processo inflamatório crônico. 

Portanto, as evidências científicas contribuem para que a dor nas articulações seja combatida por meio do tratamento com Cannabis medicinal. Havendo diminuição do processo inflamatório crônico na região dos ossos e cartilagens, menor será a sensação de incômodo provocada. Assim, o paciente poderá desfrutar de maior e melhor qualidade de vida. 

A importância de um acompanhamento especializado 

Para garantir a eficácia do tratamento para dor nas articulações através da cannabis medicinal, é importante contar com um acompanhamento especializado de médicos experientes. Com o Medicina In você encontra médicos com experiência  em cannabis e realizam um  acompanhamento personalizado para proporcionar qualidade de vida e bem-estar. Faça a sua consulta on-line e tire todas as suas dúvidas sobre o tratamento, benefícios e como cuidar da sua saúde.

IMPORTANTE: Este site não oferece tratamento ou aconselhamento imediato para pessoas em crise suicida. Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br. Em caso de emergência, procure atendimento em um hospital mais próximo.